Guardiola mira nova meta: à frente de uma seleção nacional rumo à Copa do Mundo

Considerado um dos melhores treinadores do mundo, Guardiola revela desejo de comandar uma seleção e disputar uma Copa do Mundo


Reprodução/Twitter Manchester City - @ManCityPT
Considerado por muitos como um dos melhores técnicos do mundo na atualidade, Pep Guardiola está contemplando uma mudança significativa em sua carreira de sucesso. O renomado treinador do Manchester City revelou em entrevista à ESPN seu desejo de expandir seus horizontes e dirigir uma seleção nacional, marcando um novo capítulo em sua trajetória profissional.

Guardiola, que acumula uma impressionante coleção de troféus com passagens pelo Barcelona e Bayern de Munique antes de se destacar no Manchester City, expressou sua aspiração de participar de uma Copa do Mundo como técnico nacional.

"Não sei quem me quer. Para trabalhar em uma seleção, é preciso que ela te queira, como os clubes. Gostaria de vivenciar isso. Não sei quando, se daqui a cinco, dez, 15 anos, mas gostaria de disputar uma Copa do Mundo", afirmou o treinador.

Apesar de seu sucesso no cenário do futebol inglês, onde conquistou diversos títulos importantes, incluindo a Liga dos Campeões, Guardiola revelou que nunca teve conversas formais com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre a possibilidade de treinar a seleção brasileira, apesar de ter sido cogitado. Da mesma forma, seu nome foi mencionado como candidato a treinador da seleção inglesa, embora ele tenha se mantido focado em seus projetos no Manchester City.

Com um início humilde como técnico do Barcelona B em 2007, Guardiola rapidamente ascendeu ao time principal e conquistou um impressionante número de troféus antes de seguir para a Alemanha e, posteriormente, para a Inglaterra.

Para o treinador, o desejo de enfrentar novos desafios e viver a experiência de uma Copa do Mundo supera qualquer pressão que acompanhe um treinador de alto nível. Ele também ressaltou a importância de seus jogadores lidarem com críticas, citando nomes icônicos do futebol brasileiro como exemplo.

Guardiola, conhecido por sua mentalidade vencedora e filosofia de jogo distintiva, está pronto para abraçar o desafio de liderar uma seleção nacional e buscar glória em uma das maiores competições esportivas do mundo.
Postagem Anterior Próxima Postagem